Quadro Resumo
Curso
Pós-Graduação em Enfermagem de Estomaterapia
Estado
Candidaturas Abertas
Regime
Pós-Laboral
Vagas
30
Duração
10 meses

APRESENTAÇÃO

A estomaterapia surge nos Estados aUnidos da América (EUA), no final dos anos 50, como ciência que presta cuidados e dá apoio à pessoa portadora de uma ostomia, e nos anos 80 passa a ser reconhecida pelo World Council of Enterostomal Therapists (WCET) como uma competência do enfermeiro.

A presença de uma ostomia gera alterações profundas na vida da pessoa e/ou cuidadores, que se manifestam em inúmeros e diversificados desajustes e alterações profundas no modo de vida da pessoa, implicando, esforços permanentes de adaptação à sua nova realidade. Condição que exige um acompanhamento próximo à pessoa ostomizada e à sua família/cuidador, de forma a assegurar um processo de cuidados, específico e integrador.

O enfermeiro, detentor de competências em estomaterapia tem um papel determinante e significativo no cuidado à pessoa ostomizada, na medida em que é o profissional responsável por assegurar o processo de cuidados de enfermagem, à pessoa com ostomia e à sua família/cuidador, garantindo um acompanhamento integral, preventivo, efetivo, seguro e oportuno, na adaptação à vida com ostomia, potenciando a reconstrução da sua autonomia. A enfermagem em estomaterapia é uma área do exercício profissional a fortalecer, pelo que, é essencial investir na formação, desenvolvimento de conhecimentos e competências específicas do enfermeiro, que permitam a prestação de cuidados seguros e diferenciados nesta área. Assim, o plano curricular desta pós-graduação em enfermagem de estomaterapia é promotor dessa abordagem e dá resposta ao disposto no Regulamento nº 398/2019 da Ordem dos Enfermeiros, Regulamento da Competência Acrescida Diferenciada e Avançada em Estomaterapia.

Curso conducente à atribuição de Competência Acrescida Diferenciada e Avançada em Enfermagem de Estomaterapia.

 Certificado de acreditação
 

Declaração de Retificação n.º 561/2019 — competência acrescida diferenciada e avançada em estomaterapia

Regulamento n.º 398/2019 - Regulamento da Competência Acrescida Diferenciada e Avançada em Estomaterapia




OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

> Promover o desenvolvimento de competências no domínio da Enfermagem de estomaterapia;
> Capacitar para um exercício da enfermagem de estomaterapia à pessoa e família/cuidador promovendo o acompanhamento integral, preventivo, efetivo, seguro e oportuno à pessoa com ostomia.

Destinatários: Licenciados em Enfermagem

Duração e Horário:
Início: 27/09/2024 - Conclusão: 31/07/2025

Sexta-feira | 15:00h - 22:00h 
Sábado | 10:00h - 18:00h 
(regularidade bimensal)

Emolumentos aplicáveis: 

Inscrição: 75€ ou 25€*
*para parceiros ou antigos alunos da Escola

Propina Mensal imputada ao aluno: 110€ (10 meses)
O valor total da propina mensal é de 185€, existindo comparticipação de 75€ através do Programa Impulso Jovens STEAM PRR.




 

PLANO DE ESTUDOS

Módulo Carga Horária Presencial (h) Carga Horária Online (h) ECTS
- 6 1
- 6 1
6 - 1
41 20 8
4 31 8
18 14 3
10 6 2
88 - 6
Totais 167 83 30

 

Coordenação:
 

Helena Penaforte
Professora Ajunta na Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa- Alto Tâmega; Titulo de Enfermeira Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica; Mestre em promoção e Educação para a saúde; Doutoramento em Enfermagem; Experiência como Enfermeira Gestora no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro – EPE;  e detentora de Competência Acrescida Avançada em Gestão e Competência Acrescida Avançada em Supervisão Clinica, pela Ordem dos Enfermeiros.

Liliana Miranda
Enfermeira Especialista e Mestre em Enfermagem Comunitária pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD); Doutoranda em Enfermagem na Universidade Católica Portuguesa (UCP); Pós-Graduada em Feridas, Ostomias e Incontinência pela UCP, reconhecida pelo WCET; Com Competência Avançada em Estomaterapia e Supervisão Clínica pela OE (Ordem dos Enfermeiros); Título de Especialista de Ensino Superior pela Escola Superior de Saúde de Viseu (ESSV); Professora Adjunta no Ensino Superior; Pós-Graduada em Gestão e Administração de Serviços de Saúde pela ESSV; Enfermeira Estomaterapeuta no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD); Participação ativa em congressos, conferências, reuniões e cursos na qualidade de palestrante, moderadora, presidente de mesa e júri de comunicações e poster’s; Membro da APECE (Associação Portuguesa de Enfermeiros de Cuidados em Estomaterapia); Membro do Grupo Investigo (Investigação em Ostomia) entre 2013 e 2018, com realização e publicação de trabalhos de investigação na área das ostomias de eliminação; Membro da European Council of Enterostomal Therapist (ECET); Membro da World Council of Enterostomal Therapists (WCET) Membro da Bolsa de Peritos da OE; Membro do Grupo de Trabalho da OE para a elaboração e validação de Guia Orientador de Boas Práticas – Cuidados à Pessoa com Ostomia; Gestora de concursos de material de tratamento de feridas, ostomia e eliminação do CHTMAD.


Corpo Docente:

António Oliveira
Licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto; Consultor Sénior em Cirurgia Geral; Diretor Clínico da Quorum Saúde; Competências em Cirurgia Laparoscópica, Coloproctologia e Nutrição Clínica; Introdução e Instalação de Cirurgia Minimamente Invasiva em 1994 no centro Hospitalar de Vila Real; Adjunto da Direção Clínica do Centro Hospitalar de Vila Real/Peso da Régua (1997-2001); Responsável pelo Grupo Colo-retal do CHTMAD entre 2005-2023; Diretor do Serviço de Cirurgia Geral do CHTMA, E.P.E. (2013-16) Conselho Nacional de FNAM de 1995 a 2015. Assistente convidado na Escola Superior de Enfermagem de Vila Real entre 1995-1999; Assistente convidado no Mestrado em Nutrição Clínica na Faculdade de Medicina de Lisboa 2010-2013; Participação ativa em congressos, conferências, reuniões e cursos na qualidade de palestrante, moderador, presidente de mesa, membro de comissões organizadoras e comissões científicas; Júri de concursos públicos para provimento de vagas na carreira médica e Juri de exames finais de Especialidade de Cirurgia Geral; Membro do Colégio de Competência de Nutrição Clínica da Ordem dos Médicos; Membro do Conselho Nacional para o Serviço Nacional de Saúde e Carreiras Médicas da Ordem dos Médicos; Membro da Sociedade Portuguesa de Cirurgia; Membro da Sociedade Portuguesa de Coloproctologia; Membro da European Society ColoproctologyMembro da European Society Parenteral Enteral Nutrition (ESPEN); Membro da Associação Portuguesa de Nutrição Entérica e Parentérica (APNEP); Membro do Conselho Diretivo da Sub-Região de Vila Real da Ordem dos Médicos;

Carla Rocha
Licenciada em Enfermagem desde 2004, iniciou atividade profissional no Serviço de Urgência do Hospital Garcia de Orta, num percurso durante sete anos. Em 2010, no Serviço de Cirurgia e como Enfermeira Especialista de Reabilitação desde 2011, tem sido responsável por vários projetos de melhoria continua no serviço. Dedicou mais ênfase a funções específicas na abordagem à pessoa com alteração do padrão de eliminação intestinal, desde Agosto de 2012, após a realização de um Nursing Studies Free-standing Bowel Continence através do King’s College London no St. Mark’s Hospital em 2010. Realizou a consulta de Estomaterapia após formação específica, certificada pelo World Council of Enterostomal Therapist, desde 2012. Coordenadora do Centro de Referência Oncologia do Adulto – cancro do reto desde 2017, aprofundou conhecimentos neste sentido, realizando o Mestrado em Cuidados Paliativos, em 2021. No seguimento do desenvolvimento profissional em busca de uma maior conexão na relação com o doente, realizou em 2022 um curso intitulado “Expert em Acompanhamento Espiritual en Clínica” pela Universidade Francisco Vitória - Madrid.

Cláudia Silva

Licenciada em Enfermagem; Enfermeira especialista em Enfermagem de Reabilitação; Competência Acrescida Avançada em Estomaterapia; Elemento da Consulta de Estomaterapia do IPOL (desde 2008); Colaboradora HLUZ- Consulta de Estomaterapia (desde 2017); Fundadora da Consulta de Enfermagem de Oncosexologia - Masculina (2014) e Fundadora da Consulta de Estomaterapia IPOLFG (2018); Nomeação para júri de procedimentos de aquisição dispositivos médicos IPOLFG (2017); Nomeação para Grupo de elos dinamizadores do Sistema de Informação em Enfermagem IPOLFG (2023); Nomeação para Equipa de projeto para implementação dos cuidados de Enfermagem de Reabilitação no IPOLFG (2018); Nomeação Coordenadora Consulta de Estomaterapia IPOLFG (2018); integrou o Grupo de trabalho OE -  Elaboração e validação de Guia Orientador de boas praticas- Cuidados á pessoa com ostomia (2023) e o Grupo de trabalho OE - Elaboração Regulamento de Certificação de Competência Acrescida em Estomaterapia (2018), entre outros grupos de trabalho; Presidente da Associação Portuguesa de Enfermeiros de cuidados em Estomaterapia; Membro do Comité Educacional WCET; Membro do European Association Urology Nursing (EAUN); Membro da Associação Portuguesa de Enfermagem Oncológica; Membro da Associação Portuguesa de Enfermeiros de Reabilitação (APER).

Cristina Moura
Investigador integrado do Grupo NursID, do CINTESIS, no polo da Escola Superior de Enfermagem do Porto. Licenciada em Enfermagem pela ESE Calouste Gulbenkian de Lisboa; Mestre e Doutorada em Ciências da Enfermagem pela Universidade do Porto; Tem o Título de Especialista do Ensino Superior e é Pós-graduada em Gestão em Saúde pela Escola Superior de Enfermagem José Timóteo Montalvão Machado. É Especialista em Enfermagem Comunitária. Atualmente, preside ao Conselho Técnico-Científico.

Dora Neves
Bacharelato em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem Drº Angelo da Fonseca; Curso de Estomaterapia, Centro de Formação IPO Coimbra; Licenciatura em Enfermagem, pela Escola Superior de Enfermagem de Bissaya Barreto; Pós-graduação em Estomaterapia pela Universidade Católica do Porto; Especialista em Enfermagem Médico-cirúrgica e Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica, com a dissertação “ Capacitação para o Autocuidado Terapêutico da Pessoa com Ostomia de Eliminação”; Enfermeira no Instituto Português de Oncologia de Coimbra (desde 1996): Serviço de Radioterapia e integra a Consulta de Estomaterapia, desde a sua criação, a 6 de setembro de 1999;  Vice-Presidente APECE (mandato 2021/2024), Associação Portuguesa de Enfermeiros de Cuidados em Estomaterapia, e associada desde a sua fundação; Enfermeira no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (1993 a 1996); Membro do Comité Científico da Direcção-Geral da Saúde na elaboração da Norma “Indicações Clínicas e Intervenção nas Ostomias respiratórias em Idade Pediátrica e no Adulto” (2016); 

Isabel Santos
Enfermeira Especialista em Enfermagem Médico-cirúrgica; Enfermeira com Competências Avançadas em Estomaterapia e possui uma Pós-graduação de “Experto Universitario en Estomaterapia”; Enfermeira Coordenadora do Gabinete de Estomaterapia no Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil (1999-presente); Enfermeira responsável do Gabinete Coordenador da Formação e Enfermeira Coordenadora da Atividade do Grupo de Feridas, no Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil (2005-presente); Enfermeira Nível I em Missão de cooperação de Assistência Médica Internacional em Cabo Verde, AMI (1988); No Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil, foi Enfermeira Coordenadora do Serviço de Oncologia Médica (1990), foi Enfermeira Coordenadora do Serviço de Gastroenterologia (2000), foi Enfermeira Chefe da Consulta Externa – Ambulatório (2001-2019), foi Enfermeira Avaliadora da Equipa de Enfermagem e Assistentes Operacionais (2005-2019), foi Enfermeira responsável do Gabinete Coordenador de Investigação (2007-2018); Presidente da Direção Associação Portuguesa de Enfermeiros de Cuidados em Estomaterapia (2005-2021); Membro do Comité Científico para elaboração de Normas Clinicas da responsabilidade do Departamento da Qualidade na Saúde da Direção-Geral da Saúde(DGS), Normas elaboradas 2016 atualizadas a 3/3/2017 (2016); Membro do grupo de trabalho para a elaboração do perfil e certificação de competência acrescida/ avançada em Enfermagem de Estomaterapia promovido pela Ordem dos Enfermeiros (2018). Sócia do World Council of Enterostomal Therapist (WCET) (2008-presente). Formadora em diferentes cursos, no âmbito da Estomaterapia; Participou em diversos congressos e realizou diversas comunicações orais e posters, no âmbito da Estomaterapia; Investigadora e coautora em diversos estudos na área da Estomaterapia.

Mara Rodrigues
Licenciada em Dietética, pela Escola Superior de Saúde – Instituto Politécnico de Bragança, no ano de 2008 e com Mestrado em Qualidade e Segurança Alimentar pela Escola Superior Agrária – Instituto Politécnico de Bragança em 2015. Foi-lhe atribuído o Título de Especialista em Dietética Nutrição, pelo Instituto Politécnico de Bragança em 2022; Exerce funções de docente na Escola Superior de Saúde desde 2011, estando afeta à área disciplinar do departamento de tecnologias de diagnóstico e terapêutica. Trabalha atualmente como nutricionista, no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, desde junho de 2023, incindo a sua atividade maioritariamente no apoio nutricional ao Internamento de Medicina, Hospital de dia de Hepatologia, consulta externa de nutrição, e consulta de nutrição – Hepatologia; Exerceu funções de Nutricionista desde 2016 no Hospital Terra Quente – Mirandela, até ao ano de 2023, nas valências de Internamento, Unidade de Cuidados Continuados de Média e Longa Duração e Residência Sénior. Durante a atividade, possui experiência na reabilitação nutricional em desnutrição, sarcopenia e disfagia, através de suporte nutricional oral e/ou alimentação entérica por fórmula entérica e recurso a suplementação.

Maria Manuel Castro
Enfermeira Estomaterapeuta a exercer funções no Centro Hospitalar de S. João, na Consulta de Estomaterapia desde 1995; Co-fundadora e vice-presidente da Associação de Enfermeiros de Cuidados em Estomaterapia (APECE) de 2005 a 2013; Autora de um capítulo do livro “Estomaterapia – o saber e o cuidar”, publicado pela APECE em 2012: “A criança submetida a uma ostomia pediátrica”; Integração da comissão organizadora de todas as jornadas, encontros e workshops, organizados pela APECE nesse período (2005 a 2013); Docente convidada na Escola Superior de Enfermagem do Porto, de Santa Maria, da Universidade Fernando Pessoa e o Instituto Piaget. Moderadora, coorganizadora em diversos eventos científicos. Júri de comunicações livres; Experiencia na investigação: como investigadora em alguns estudos, e coordenadora nacional da Investigação Clinica -“Dialogue Study” –  estudo de investigação; Diversas comunicações livres e apresentação de posters em eventos científicos; Formadora em diferentes curso, no âmbito da Estomaterapia; Integração de revisão de publicações por pares (peer review): WCET International Ostomy Guidelines 2020; Artigo do Journal of Advances in Medicine and Medical Research "The role of colostomy in management of Fournier's gangrene"; Artigo do Journal of Pharmaceutical Research International: ANORECTAL MALFORMATION - A CASE REPORT; Case study Journal of Pharmaceutical Research International: Case Report on Hirschsprung’s Disease.

Natália Ferreira
Curso de Bacharelato em Enfermagem em 1993, pela Escola Superior de São João Porto; Licenciatura em Enfermagem em 2002, pela Escola Superior de São João Porto; Competência Acrescida e Avançada em Estomaterapia e Diferenciada em Enfermagem em Prevenção e Controlo de Infeção; Pós-licenciatura em Enfermagem Médico-Cirúrgica desde 2009 pelo Instituto Politécnico de Saúde do Norte (Escola Superior de Saúde de Vale do Ave); Pós-Graduação em Cuidados Avançados em Feridas, Ostomias e Incontinência pelo Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica do Porto, em 2016; Curso de Especialização Pós-Graduada em Gestão de Unidades de Saúde pela Escola Superior de Estudos Industriais e Gestão do Porto, em 2015; Curso de Formação Avançada "Estomaterapia" Unidade de Ensino de Enfermagem do Porto do Instituto de Ciências de Saúde, em 2013; Pós-graduação em Infeção em Cuidados de Saúde pela Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa, em 2011; A desenvolver atividade profissional no CHPVVC, desde 1993: na prestação de cuidados no Serviço de Cirurgia até 2010; como enfermeira na Consulta de Enfermagem de Estomaterapia desde 2007, integrou o grupo de trabalho que concebeu e implementou a consulta; membro do Grupo de Coordenação Local do Programa de Prevenção e Controlo de Infeção e Resistências aos Antimicrobianos (GCL-PPCIRA) desde 2010; Membro do Grupo de Trabalho de Gestão de Risco desde 2020; Membro do Grupo de Sistemas de Informação em Enfermagem desde 2019; Integração na Comissão de Sistemas de Informação em Enfermagem de 2007 a 2016: Atualmente sócia da APECE e APEGEL; Certificação de Competência Pedagógica, em 2018. Preletora em diversos eventos científicos na área da Estomaterapia, PQCE, Documentação dos cuidados de enfermagem e indicadores, assim como na área do controlo de infeção.

Nuno Abreu
Licenciatura em Enfermagem, em 2000, pela Universidade dos Açores, na Escola Superior de Saúde; Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica; Pós-Graduação em Sistemas de Informação em Enfermagem; Assistente convidado na Escola Superior de Saúde Cruz VermelhaPortuguesa - Alto Tâmega; Enfermeiro especialista no Centro Hospitalar Universitário do Porto, EPE; Adjunto do Enfermeiro Diretor para os Sistemas de Informação no CentroHospitalar Universitário do Porto, EPE; Atua nas áreas de Ciências da Saúde, com ênfase em Enfermagem, Ciências Exatas e em Ciências da Computação e da Informação. Publicou 2 artigos em revistas especializadas e foi co-autor de 1 livro.

Paulo Pimentel 
Licenciado em Psicologia Clínica, pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde Norte, em 2001; Pós-graduação em Terapias Cognitivo-Comportamentais – curso básico (ISCS-N) e curso avançado (ISCSN), em 2005 e 2006, respetivamente; Diploma de Estudos Avançados em Neuropsicologia Clínica, pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Salamanca, em 2008; Perito em Avaliação Psicológica Forense, em 2008 – Universidade do Minho; Grau de Especialista em Psico-Oncologia pela Academia Portuguesa de Psico-Oncologia, em 2014; Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde, Especialista em Neuropsicologia e da Saúde e Especialista em Psicoterapia (Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais), em 2016, pela Ordem dos Psicólogos Portugueses. Psicologo Clínico, desde 2006, no Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE;  Psicólogo Clínico no Hospital CUF, de 2011 a 2018, na Unidade de Psiquiatria; Psicólogo Clínico no Hospital Magalhães Lemos, Porto, de 2001 a 2005; Desde 2006, Psicólogo da Unidade da Dor Crónica do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro e desde 2008 - Psicólogo do Centro Oncológico do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro; Desde 2010 – Neuropsicólogo dos Serviços de Psiquiatria e Neurologia do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro; Desde 2010 - Psicólogo da Equipa Intra-Hospitalar de Suporte aos Cuidados Paliativos do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro; Desde Julho/2018 – Diretor do Serviço de Psicologia Clínica do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE; Membro do Gabinete de Apoio Técnico da Coordenação Regional de Saúde Mental da ARS Norte, desde 2016; e no Ensino Superior foi Professor Assistente na Universidade Lusófona do Porto, de 2002 a 2013.

Sandra Costa
Licenciada em Enfermagem; Especialização em Médico-Cirurgica, em 2011, pela Escola Superior de Enfermagem do Porto; Pós-Graduação em Supervisão Clínica, em 2012, pela Escola Superior de Enfermagem do Porto; Pós-Graduação em Cuidados Avançados em Feridas, Ostomias e Incontinência, em 2016, pelo ICS - Universidade Católica Portuguesa; Competência Acrescida Avançada em Estomaterapia em 2021, pela Ordem dos Enfermeiros. Possui o título de Especialista em Enfermagem. Enfermeira Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica - Estomaterapeuta responsável pela implementação da consulta de estomaterapia urologica do CHVNGaia; Professora adjunta na Escola Superior de Saúde Santarem, no ISAVE e na Escola Superior de Saúde da Guarda; Professora convidada na Escola Superior de Enfermagem Porto.