Quadro Resumo
Curso
Pós-Graduação em Prevenção e Controlo da Infeção
Estado
Candidaturas Encerradas
Regime
Pós-laboral
Vagas
30
Duração
10 meses

APRESENTAÇÃO

A Qualidade em Saúde é cada vez mais um fundamento essencial na oferta de cuidados, integrando variáveis indissociáveis como a Segurança do Doente (SD). A promoção da segurança é transversal a todo o sistema de saúde, onde clientes, profissionais e órgãos de gestão contribuem conjuntamente para este fim. Para o seu sucesso deverá ser incentivada a comunicação eficiente, o trabalho em equipa, a identificação antecipada de riscos e a parceria de cuidados através do planeamento rigoroso de todos os processos minimizando o risco de ocorrência de incidentes de segurança do doente e eventos adversos.

As infeções associadas aos cuidados de saúde (IACS) constituem um dos principais eventos adversos que ameaçam a segurança dos doentes, associando-se a esta problemática a emergência de estirpes bacterianas com elevados níveis de resistência aos antimicrobianos. Neste contexto, o controlo das IACS encontra-se indubitavelmente associado à prevenção do fenómeno da multirresistência, requerendo a definição e implementação de estratégias de intervenção comuns que se afiguram hoje como grandes desafios para as organizações, sociedades científicas e profissionais de saúde. A OMS reconhece que as IACS, sendo atualmente uma das complicações mais frequentes da hospitalização, dificultam o tratamento adequado dos doentes, sendo também reconhecidas como uma causa importante de morbilidade e mortalidade, bem como do consumo acrescido de recursos, quer hospitalares, quer da comunidade” (DGS 2007,p.4). Contudo, tratando-se de uma problemática para a qual existem métodos de estudo validados e porque a prevenção é possível, torna-se mandatório que os profissionais sejam sensíveis à promoção e viabilização de boas práticas no âmbito do controlo de infeção e implementem nos contextos clínicos as melhores estratégias, fundadas na mais recente evidência cientifica.

Curso conducente à atribuição de Competência Acrescida Diferenciada em Enfermagem em Prevenção e Controlo de Infeção.

A titularidade de um destes cursos não afasta a necessidade de cumprimento dos demais requisitos necessários à atribuição da Competência Acrescida.


 Regulamento da Competência Acrescida Diferenciada em Enfermagem em Prevenção e Controlo de Infeção




OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

> Contribuir para a formação multiprofissional na área da prevenção e controlo da infeção. 

> Promover o conhecimento e as boas práticas sobre as infeções associadas aos cuidados de saúde e a resistência aos antimicrobianos.
 

Horário: Terças e Quartas feiras: 16h00-22h00 (regularidade bimensal)
 

PLANO DE ESTUDOS

Módulo Carga Horária
online (h)
Carga Horária
presencial (h)
ECTS  
6 - 1  
24 - 4  
- 12 4  
- 18 3  
18 - 2  
24 - 4  
12 - 2  
6 - 2  
- 162 8  
Totais 90 192 30  

Coordenação: Leila Sales
 
Para mais informações acerca da candidatura, consulte a págino de Acesso.